Efeito do envelhecimento




Efeito do envelhecimento

Envelhece cedo quem se deixa morrer por dentro,
sem descobrir suas próprias razões e raízes em si,
vivendo por viver, fora de toda dignidade...
Envelhece cedo quem quer, faz tudo para si
vendo sua pele se esticar, como borracha gasta,
logo arrebenta e deixa no lugar fragmentação...
Envelhece cedo quem não quer saber de consciência,
extrapola sem saber por uma experiência própria,
apenas calcula e, por calcular, só sobrevive...
Envelhece cedo quem não traz a tal descoberta,
esta experimentação humana no coração,
criando uma casca grossa em torno da ignorância...
Envelhece cedo quem não tem a vivacidade
de perguntar o porquê do que o rodeia, uma infinita
predisposição para o novo homem, nova vida...

Mauricio Duarte (Divyam Anuragi)

Visite a página da escritora, poetisa, palestrante e acadêmica Bartira Mendes . RESPIRANDO POESIA . https://www.facebook.com/bartiramendesrespirandopoesia/

Imagem: Peça de arte Dragão do artista visual Mauricio Duarte . Disponível para venda.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

1° Concurso de Contos da AGLAC

A breve vida da página "Armandinho morrendo violentamente"