Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 20, 2019

O mundo

Imagem
Academia Virtual de Letras
Patrono: Paulo Coelho
Acadêmico: Mauricio Duarte
Cadeira: 39



O mundo

O mundo é como um pião.
Gira, gira e não para...

Só para quando chega
a morte, aí não é mais pião,
ilusão; é só lembrança...

O mundo é como um peão.
Mais importante peça...

Mas não serve se deixar
a frente de batalha;
aí não é peão, é, sim, um rei...

O mundo é como um pão.
Alimento básico...

Só não é alimento para

Minha participação na Coletânea Contos e Poemas - Textos Anônimos da 5a. FLAL da Leia Livros

Imagem
Recebi hoje o livro com a minha participação na Coletânea Contos e Poemas de Textos Anônimos da 5a. Edição da FLAL 2018 (Festival de Literatura e Artes Literárias) com o patrocínio da Divulga Escritor (Shirley Cavalcante) e da Leia Livros pela amiga escritora Nell Morato, organizadora da publicação. O poema selecionado:
CIDADE-NOITE Cidade morta-viva
em enorme dormida,
de arranha-céus frios todos,
cai encima da tal lua... A noite é essa contumaz
convidada que não
pede passagem, só
adivinha nosso anseio... Tranquilamente passa
por entre os dedos como
areia de uma praia longe,
perdida à madrugada... Por mais que trafeguemos
pelas suas vielas dessas
arquiteturas podres,
não saberemos nunca... Cidade, uma suntuosa
cadeia de ouro bem puro,
a que não se desprende
dessa função de zeitgeist... Mauricio Duarte (Divyam Anuragi)