Postagens

Mostrando postagens de Setembro 24, 2017

Como a transgressão se tornou um cliché da arte contemporânea

Imagem
por







Em tempos de
polêmicas sobre exposições de arte transgressora no Brasil, é
interessante reler o ensaio “Como a arte moderna se tornou refém da
necessidade de chocar”, do filósofo Roger Scruton. Principal nome do
conservadorismo na Inglaterra, Scruton mostra como a arte atual se
resume a um exercício de fingimento coletivo e de esgotamento da ideia
de transgressão.“Não é fácil ganhar o status de artista original”, diz
Scruton no ensaio. “Mas as recompensas, numa sociedade em que a arte é
reverenciada como a mais alta realização cultural, são enormes.
Portanto há um motivo para fingir ser original.”Na
arte contemporânea, esse fingimento é coletivo. Artistas quebram
regras e costumes; críticos e curadores posam como gente sofisticada
capaz de entender significados ocultos às pessoas comuns; jornalistas
tratam de ampliar a importância que esse pequeno mundo dá a si próprio.
Em comum, artistas, críticos e jornalistas de arte rejeitam o gosto e

José A. Kuesta

Imagem
José A. Kuesta
Toda a herança mágica, mística, mitológica e histórica do Egito Antigo fascinam nosso artista mestre José A. Kuesta.  Mais do que isto, todo esse legado egípcio antigo é representado, transformado e reconfigurado.  Numa releitura de seus símbolos em criação totalmente original e afinada com o zeitgeist, esse nosso caldo cultural diversificado e abrangente contemporâneo, José A. Kuesta nos mostra o que de mistério, expressividade e criatividade pode advir desta abordagem. O abstracionismo do artista é de uma singularidade sem igual e é realizado de forma completamente atual, como já disse.  Isto se dá, a partir de cores e manchas, colagens, grafismos, traços, carimbos, num amálgama de elementos gráfico-visuais e pictóricos, cuja influência pode ser encontrada em vários lugares.  Paul Klee, o expressionismo abstrato e a própria história do Egito Antigo são algumas destas influências que também ganham maior corpo quando da sua aproximação com a tendência da arte abstrata d…