Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 5, 2020

Frase - Gabriela Mistral 2

Imagem
"Eu amo as coisas que não tive / tal como as outras que não tenho" Gabriela Mistral
(Gabriela Mistral, do poema "Coisas". em "Antologia poética Gabriela Mistral". [sel., trad., e apres., de Fernando Pinto do Amaral]. Lisboa: Editorial Teorema, 2002, p. 54)
Visite o instagram da escritora, palestrante e poetisa Bartira Mendes . RESPIRANDO POESIA . https://www.instagram.com/respirandopoesia_bartiramendes/
#instagram#visite#Respirando#poesia#poema#poetisa#Bartira

Frase - Gabriela Mistral

Imagem
"Escrever […] É a sensação de ter estado por umas horas na minha pátria real, no meu costume, no meu desejo à solta, na minha liberdade total"
Gabriela Mistral
(Gabriela Mistral, em "Antologia poética Gabriela Mistral". [Sel., trad., e apres., de Fernando Pinto do Amaral]. Lisboa: Editorial Teorema, 2002, p. 14)
Visite a página da escritora, palestrante e poetisa Bartira Mendes . RESPIRANDO POESIA .https://www.facebook.com/bartiramendesrespirandopoesia/
#viste#página#Respirando#

“A exaltação da pele”

Imagem
“A exaltação da pele”
“Hoje quero com a violência da dádiva interdita.
Sem lírios e sem lagos
e sem gesto vago
desprendido da mão que um sonho agita.
Existe a seiva. Existe o instinto. E existe eu
suspensa de mundos cintilantes pelas veias
metade fêmea metade mar como as sereias.”
Natália Correia
(Natália Correia, em "Poemas". 1955)
Visite o instagram da escritora, palestrante e poetisa Bartira Mendes . RESPIRANDO POESIA . https://www.instagram.com/respirandopoesia_bartiramendes/
#visite#instagram#poema#poesia#poetisa#Natália

“Falavam-me de amor”

Imagem
“Falavam-me de amor”
“Quando um ramo de doze badaladas
se espalhava nos móveis e tu vinhas
solstício de mel pelas escadas
de um sentimento com nozes e com pinhas,
menino eras de lenha e crepitavas
porque do fogo o nome antigo tinhas
e em sua eternidade colocavas
o que a infância pedia às andorinhas.
“Depois nas folhas secas te envolvias
de trezentos e muitos lerdos dias
e eras um sol na sombra flagelado.
“O fel que por nós bebes te liberta
e no manso natal que te conserta
só tu ficaste a ti acostumado.”
Natália Correia
(Natália Correia, em "O dilúvio e a pomba". 1979)
Visite a página da escritora Bartira Mendes . RESPIRANDO POESIA . https://www.facebook.com/bartiramendesrespirandopoesia/
#visite#página#facebook#Respirando#poesia#poema

A Paz

Imagem
"O preço da liberdade é a eterna vigilância." John Philpot Curran (1750-1817) Imagem:
A Paz
nanquim s/ papel
21 x 29,7 cm
2014
Mauricio Antonio Veloso Duarte Anuragi

Ato de pensar

Imagem
Ato de pensar
Aquele que pensa
Que o pensamento
Foi pensado
Jamais pensou
Antes mesmo de realmente
Se ver pensando.
Construiu ideias
Vagou no querer
Tentou poder
Mas com consciência
Jamais se fez consciente
Da necessidade de pensar.
Um tanto ingênuo
Ou audacioso
Antes mesmo de pensar
Calou todos os pensamentos
Que por sorte
Ou questão de momento
E por direito
Pode pensar
Assim se joga com os pensamentos
Assim nascem os pensamentos
Assim se faz valer
A força que existe
No ato de
Simplesmente Pensar.
Bartira Mendes
(Extraído do livro “Momentos Poéticos” de Bartira Mendes Costa . Editora Bem Cultural . Página 58 . Petrópolis . 2015)
Visite a página da escritora, poetisa e palestrante Bartira Mendes . RESPIRANDO POESIA . https://www.facebook.com/bartiramendesrespirandopoesia/
#visite#página#facebook#Respirando#poesia#poema#poetisa#Bartira#Mendes#letras#literatura