Postagens

Mostrando postagens de 2018

Lançamento do 6o. livro da Acadêmica Escritora Janne Duarte, LAÇOS-Crônicas e Reportagens

Imagem
Lançamento do 6o. livro da Acadêmica Escritora Janne Duarte, LAÇOS-Crônicase Reportagens, na Casa França Brasil . dia 23de outubro . às 11 hs

End.: Rua Visc. de Itaborai, 78 - Centro do Rio de Janeiro.Sua presença é esperada!


Análise da obra “O Vencedor está só” de Paulo Coelho

Imagem
Análise da obra “O Vencedor está só” de Paulo Coelho
A literatura real não pode e não deve estar a serviço ou a reboque de outras questões, aspectos ou perspectivas que não sejam as literárias. Concordo e assino embaixo.  Porém, se um artista possui predileção, inclinação ou apreço por determinado tema, pode e deve abordar esse tema, sempre que quiser e, se não o fizer, corre o risco de ser apenas uma farsa e não um escritor real.    Portanto, o oculto, o místico e a espiritualidade, sendo temas caros ao escritor Paulo Coelho, é natural que sejam recorrentes em sua obra. No entanto, o místico ou o religioso não é a única pedra de toque na obra do autor.  Inclusive, livros recentes como O Vencedor está só, Adultério e Manuscrito encontrado em Accra tem como mote questões existenciais, morais e filosóficas mais do que propriamente místicas ou esotéricas.  Esses livros também foram best-sellers ao lado de outros, muito mais voltados para a espiritualidade.  Sendo recorde de vendas, mais …

Respirando Poesia . Bartira Mendes . 2o. Vídeo . O mês das crianças e a ...

Imagem
Para outubro, o mês da criança, o nosso Canal Respirando Poesia disserta brevemente sobre um tipo muito particular de poesia, a poesia para criança, que promove o imaginário e a sensibilidade na infância. Possibilitando que o jovem leitor adquira valores e crie o gosto pela literatura e pela cultura, a poesia para criança é o foco deste vídeo, brilhantemente conduzido pela poetisa Bartira Mendes.

Farsa da sociedade do espetáculo

Imagem
Academia Virtual de Letras Patrono: Paulo Coelho Acadêmico: Mauricio Duarte Cadeira: 39


Farsa da sociedade do espetáculo
De tantos redemoinhos ao redor de um círculo, em torno de si próprio, é esta sociedade, gotas de conta-gotas das pieguices, outras tais comiserações e ah, a vida cotidiana.
Criações dos marqueteiros a luzir o estrelato quinze minutos, fama morango com chantilly, fama sorvete se desnudando de novo e de novo, no sabor do sorver do tal ódio.
Máscaras de fantoches, olhando em volta antes que esse pano do palco desça e acabe com todo espetáculo, farsa rememorada sempre, olhos, ouvidos dos que não enxergam nem ouvem.
Mauricio Duarte (Divyam Anuragi)

Poder

Imagem
Poder
Para que poder? Que farás com o poder, ora?
Poder pra viver dirá a maioria, é; poder pra mandar, dirão alguns, ter tudo, tudo olhar e possuir sempre...
Para que poder? Que farás com o poder, ora?
Poder para fazer dirá a maioria, é; poder pelo, oh, poder, dirão alguns, ávidos por poder, pois...
Para que poder? Que farás com o poder, ora?
Poder para o real dirá a maioria, é; o poder total dirão alguns em delírio total, loucos por poder...
Para que poder? Que farás com o poder, ora?
Mauricio Duarte (Divyam Anuragi)

Certificado de Homenagem à Olga Palmier Teles pelos 125 anos do falecido intelectual, Luiz Palmier

Imagem
Certificado de Homenagem à Olga Palmier Teles pelos 125 anos do falecido intelectual, Luiz Palmier, em reconhecimento pela vida e obra de seu pai, conferido em 21/09/2018 por ocasião da Solenidade de 44 anos da AGLAC (Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciências).

Solenidade de 44 anos da AGLAC

Imagem
Fotos da Solenidade de 44 anos da AGLAC (Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciências) que eu, Mauricio Duarte, sou Membro Efetivo com a Cadeira 56 e o Patrono Marechal João Batista de Mattos.