Postagens

Mostrando postagens de 2018

UM JEITO: SIMPLES, DE SER#FÁTIMA CORREA DANIEL.

Imagem
Vídeo Entrevista com a Escritora Imortal da AGLAC: Fátima Correa Daniel https://youtu.be/pqkDyrkpZDU

Malebranche

Imagem
Malebranche
Para Malebranche a diferença entre ele mesmo e Espinoza parecia infinita. E externamente isso era verdadeiro. Espinoza era um judeu, excomungado da sinagoga; Malenbranche um padre cristão. Um foi educado na Cabala, o outro transitava nos escritos de Santo Agostinho.Mas grande como eram as diferenças externas, julgamentos imparciais simplesmente reconectaram esses dois professores de teologias análogas. Descartes, como nós temos visto, admitia dois tipos de substância – a criada e a incriada – mas na realidade a última era apenas substância real.Espinoza viu essa inconsistência e fez das substâncias criadas acidentes ou modos da incriada.Mas essas substâncias criadas são evidentemente de dois tipos – a espiritual e a material.Elas podem ser reduzidas a uma, ou são, na sua essência, inteiramente distintas?Descartes tinha a última opinião.Espinoza sustentava a primeira.Disto resultou sua crença na unidade original do pensamento e da substância extendida; de Deus como pensamen…

Visite a página "Respirando poesia" da Poetisa Acadêmica da AGLAC: Bartira Mendes

Imagem
Visite a página "Respirando poesia" da Poetisa Acadêmica da AGLAC, Bartira Mendes, e se delicie com poemas de profunda inspiração nos quais o amor, o afeto e o carinho transbordam. https://www.facebook.com/bartiramendesrespirandopoesia/

O que a crítica literária preconiza atualmente através do olhar sobre o romance Adaflor?

Imagem

Relógio de Sol de São Gonçalo

A TV Futura apresenta o Relógio de Sol de São Gonçalo, único no mundo de duas faces, criado pelo Acadêmico Presidente da AGLAC, Décio Machado.

Página da querida AGLAC

Imagem
E chegamos as 500 curtidas na nossa da Página da querida AGLAC. Agradecemos a todo(a) o(a)s amigo(a)s, parceiro(a)s e colegas de jornada literária, artística e cultural.

https://www.facebook.com/academiagoncalensedeletrasarteseciencias/

Manual do Guerreiro da Luz - por Maurício Duarte :: Divulga Escritor

Imagem
Manual do Guerreiro da Luz - por Maurício Duarte :: Divulga Escritor

Aqui passo a analisar o livro Manual do Guerreiro da Luz de Paulo Coelho.  O livro aborda temas universais que permeiam a vida de todas as pessoas – conquistas, derrotas, escolhas, destino, paixão, esperança, amizade, entre outros.  A publicação é uma compilação de pequenas histórias ou considerações já publicadas antes em “Maktub”, coluna que fez parte do jornal Folha de São Paulo, e de outros jornais, entre os anos de 1993 e 1996. Um livro de “lições de vida” não é original nem tão pouco fora do comum...  Muitos escritores dedicaram seu tempo numa brochura deste tipo.  O que há de diferente nesse Manual do Guerreiro da Luz é que Paulo Coelho se debruça sobre algo constante em sua trajetória literária – e não só espiritual ou religiosa – desde, ao menos, o prólogo de As Valkirias (livro autobiográfico).  Refiro-me a citação do seu mestre J. quando diz: “ Porque a gente sempre destrói aquilo que ama.” Uma afirmação q…

IMORTAL: HISTORIADOR# PROFESSOR ALTIVO.

Imagem
Vídeo entrevista com o Acadêmico da AGLAC Professor Altivo Aleixo da Silva.

CARLOS ALBERTO: BATE UMA BOLA SOBRE CULTURA#COMPARTILHE.

Imagem
Vídeo Entrevista com o Arquiteto, Secretário da AGLAC, Carlos Alberto.

Arte-enlevo

Imagem
Arte-enlevo
A arte-enlevo considera que toda peça de arte que possui temática, meios, estilo e/ou composição que facilite, exponha, expresse e/ou leve à catarse espiritual ou contemplativa ao observador, espectador é arte-enlevo.A catarse é o primeiro passo para o ato meditativo.O homem e a mulher contemporâneos não se sentam para meditar e o conseguem sem catarse, sem expressar e botar fora toda loucura, todo o stress, toda a ansiedade do mundo atual. Também leva em conta que o autor, o criador se resguarde e tenha consciência (konspiro de konscienco – conspiração da consciência) de algum modo, em algum momento, se for da compreensão estética do artista, que existe o estado de satori, que é falso, alcançado muito facilmente por quem cria arte, porque para num primeiro plano.A catarse, em si mesmo, não é de modo algum prejudicial ou negativa.A catarse é uma etapa para o ato de meditar, nada mais e nada menos.O espectador não sofre nenhum risco ou perigo.Mas o artista que se dedica de c…

LITERATURA, EM BOAS MÃOS # MARGARETH SALLES.

Imagem
COMPACTUALISMO

Um novo estilo LITERÁRIO

DÉCIO MACHADO

DAS ONDAS SONORAS, PARA ACADEMIA #RUJANYR MARTINS.

Imagem
Entrevista em vídeo com o Comunicador Acadêmico da AGLAC: Rugenir Martins.

UM SHOW DE INTELIGÊNCIA,CULTURA:JOSÉ TERRA # GAMA CULTURAL.

Imagem
Entrevista em vídeo com o nosso Vice-Presidente da AGLAC: Jose Terra​.




NO GAMA CULTURAL A ESCRITORA E MUITO MAIS : BARTIRA MENDES .#

Imagem
Entrevista em vídeo com a Acadêmica da AGLAC: Bartira Mendes Costa.

NO GAMA CULTURAL A ESCRITORA E MUITO MAIS : BARTIRA MENDES .# Entrevista em vídeo com a Acadêmica da AGLAC: Bartira Mendes Costa.

Imagem
Entrevista em vídeo com a Acadêmica da AGLAC: Bartira Mendes Costa.


https://youtu.be/R_7eVuL-gvc



ENTREVISTA COM O GRANDE ESCRITOR DÉCIO MACHADO #

Imagem
#Entrevista em vídeo com o nosso Presidente da AGLAC, Decio Machado.

UM MESTRE NA "EDUCAÇÃO":UM IMORTAL NO "CORAÇÃO"! # HELTER BARCELOS.

Imagem
Entrevista com o nosso Acadêmico da AGLAC: Professor Helter Barcelos.

CONTINUANDO COM SABEDORIA E CULTURA .# 2a. Parte da Entrevista com o nosso Acadêmico da AGLAC, J. Sobrinho, pelo Gama Jornalismo

Imagem
2a. Parte da Entrevista com o nosso Acadêmico da AGLAC, J. Sobrinho, pelo Gama Jornalismo . https://youtu.be/PLele9SLPkM

CULTURA : SABEDORIA DE VIDA , ENSINA À VIVER .# Entrevista com o nosso Acadêmico da AGLAC, J. Sobrinho, pelo Gama Jornalismo

Imagem

VIII Coletânea Século XXI

Imagem
Minha participação na VIII Coletânea Século XXI . Organização do autor Jean Carlos Gomes. Edição em homenagem aos poetas Anderson Braga Horta e Antonio Miranda. Miolo 126 páginas Papel offset 75 g Capa colorida Papel couche fosco 300 g Editora Poeart Volta Redonda - RJ 2018 Instituições parceiras: Academia Barramansense de História Academia Barramansense de Letras Academia de Artes, Ciências e Letras do Brasil Academia Evangélica de Letras do Brasil Grêmio Barramansense de Letras Academia Voltaredondense de Letras

Poemas de minha autoria que estão no livro: Resta Resta o Um... Resta o selo de Salomão... Resta o Lótus na lama... Resta o Peixe... Resta a Lua crescente e a estrela... Resta a Estrela de nove pontas... Resta o Yin-Yang... Resta o Um... Mauricio Duarte (Divyam Anuragi)


Inundação Os pingos caem, molhando o chão do meu universo. Chuva inclemente, sim, lava essas almas todas. Mas a inundação maior é no meu coração... Mauricio Duarte (Divyam Anuragi)
Estou ven…

Meu 18o. Louvor Acadêmico na AVL

Imagem
Meu 18o. Louvor Acadêmico na AVL (Academia Virtual de Letras António Aleixo).

A espiã por Paulo Coelho

Imagem
A espiã por Paulo Coelho
                O livro A Espiã, livro de Paulo Coelho, é o tema do meu texto Meu Patrono Visto Por Mim.  Sendo a primeira incursão de Paulo Coelho no romance “meta-histórico”, entre a ficção e a não-ficção, utilizando-se de personagens históricos e fatos reais, mas com livre voo da imaginação criadora, o livro é muito envolvente e tem a marca da novidade.  Para mim, a novidade foi dupla, porque encontrei uma promoção da Amazon Audio Books, onde se cadastrando, pude ouvir o livro gratuitamente.  Dupla novidade realmente, nunca tinha ouvido um livro nessa mídia.                 A história gira em torno da vida e do mistério da atriz e dançarina Marguaretha Geertruida Zelle, mais conhecida como Mata Hari, a mulher que ousou ser uma mulher desinibida e livre numa época em que o comportamento feminino deveria ser recatado e estar a um passo atrás dos homens.                 A narração, feita pela própria Mata Hari, é extremamente fluída e dá um tom entre o relato …

Apreciação do meu amigo escritor Osmar Lima sobre o livro REALIDADES DO ABSURDO, contos do futuro incerto e do presente improvável

Imagem
Apreciação do meu amigo escritor Osmar Lima sobre o livro REALIDADES DO ABSURDO, contos do futuro incerto e do presente improvável, de minha autoria Mauricio Duarte. Um grande prazer e uma grande honra contar com o Osmar como leitor.
"Bom dia, Maurício. Você escreve bem. Descreve com bastante propriedade os fatos e também as características pessoais dos protagonistas. As frases fluem como as águas de um rio sereno, convidando o leitor a prosseguir. Interessante a conjugação da magia com a tecnologia, que, embora não confessada, permeia o pensamento de muitos atualmente. Algumas das histórias podem até serem utilizadas como metáforas para encartar argumentos. ( ex. A Pedra) Você á bastante criativo na fantasia que, por outro lado, dá um toque de realidade. Muito interessante a última história, que se refere às dificuldades que o autor experimentou a escrever este conto. É a história da história. Enfim, posso dizer que é um bom livro. AMEI. Abração, Maurício."
Para quem deseja…

VOCIFERAR (em silêncio) . Poesia

Imagem
VOCIFERAR (em silêncio) . Poesia
Livro, de minha autoria, Mauricio Duarte, em lançamento.
Vociferar em silêncio é uma viagem poética pelos universos de silêncios e de falas ao pé do ouvido. Falas que não são ouvidas em qualquer lugar a qualquer tempo, mas que são como que presságios de tempos trevosos que se aproximam ou de tempos de indiferença que já nos alcançam. 66 poemas com a liberdade do gesto que fazem calar ou gritar.
Número de páginas: 80 Edição: 1(2018) Formato: A4 210x297 Coloração: Preto e branco Tipo de papel: Offset 75g
Em promoção até o dia 13/07/2018: R$ 34,62 + correios
Peça o seu exemplar agora mesmo e eu envio com uma dedicatória especialmente para você.

Sintonia com o divino

Imagem
Leia o texto "Sintonia com o divino" de minha autoria, Mauricio Duarte, na Revista Divulga Escritor no. 35 . Revista Literária da Lusofonia . Uma revista maravilhosa tanto em conteúdo quanto em design .

https://issuu.com/smc5/docs/35_divulga_escritor_revista_literar/105

A poética de Waly Salomão

Imagem
A poética de Waly Salomão
Crítica feroz e ácida que, no entanto, guarda o lugar cativo da imaginação, da fantasia e do lúdico, a poética de Waly Salomão transpassa eras, é atemporal.O que, a princípio, poderia parecer datado ou de citação do século passado– e do milênio passado – não é desse modo porque aquilo de construtivista, marginal, alegoria modernista ou qualquer outra vertente literária existe em seus versos, é, ao mesmo tempo, uma ressignificação, uma reconfiguração, uma reconexão de uma mixórdia do caldeirão melting pot carioca baiano e, de fato, e de direito, brasileiro, embora sem perder o aspecto universal. O erudito, o popular, o rigor científico e o populacho escrachado se encontram numa verve fora do comum em Waly Salomão.Filho de pai sírio e mãe baiana sertaneja, o poeta soube como ninguém herdar o arcabouço da poesia marginal, sem contudo, ater-se a esse movimento como única inspiração.Na verdade, estar à margem – mote da marginália tropicalista – nunca foi para o au…

A página da nossa Sociedade de Artes e Letras de São Gonçalo, a SAL

Imagem
Obrigado a todo(a)s amigo(a)s que curtiram a página da nossa Sociedade de Artes e Letras de São Gonçalo, a SAL. Chegamos as 700 curtidas. Uma honra e um prazer contar com a apreciação e o apoio de todos vocês. Um grande abraço.

https://www.facebook.com/SociedadeSAL/

Minha participação na VIII Seletiva Nacional de Poesia – 2018 para a edição do livro VIII COLETÂNEA SÉCULO XXI em Homenagem aos poetas Anderson Braga Horta e Antonio Miranda

Imagem
Os poemas "Resta" e "Inundação", de minha autoria, Mauricio Antonio Veloso Duarte, foram selecionados na VIII Seletiva Nacional de Poesia – 2018 para a edição do livro VIII COLETÂNEA SÉCULO XXI em Homenagem aos poetas Anderson Braga Horta e Antonio Miranda da Editora Poeart com organização de Jean Carlos Gomes Gomes.

Inundação Os pingos caem, molhando o chão do meu universo.
Chuva inclemente, sim, lava essas almas todas.
Mas a inundação maior é no meu coração...
Mauricio Duarte (Divyam Anuragi)


Resta Resta o Um... Resta o selo de Salomão... Resta o Lótus na lama... Resta o Peixe... Resta a Lua crescente e a estrela... Resta a Estrela de nove pontas... Resta o Yin-Yang...
Resta o Um...

Mauricio Duarte (Divyam Anuragi)

São Bernardo e sua especificidade literária

Imagem
São Bernardo e sua especificidade literária
A boa prosa não pode ser convertida em poesia.Ela é romance, conto, crônica ou artigo e conta uma história, longa ou curta, explana uma ideia ou emite uma opinião.Assim é com toda prosa de qualidade superior e assim é com São Bernardo por Graciliano Ramos.O romance, um clássico do renomado autor, é uma crítica à situação sócio-política da época.E por causa de sua linguagem – fora da linguagem poética – é excelente como história porque carrega opostos num mesmo contexto do enredo; ainda que, no entanto, não faça desses contrastes um cristal, um poliedro, conforme diz Domingos Carvalho da Silva em “Uma Teoria do Poema”, mas é “radial e aprofunda os seus pormenores em todas as direções”. Ora Paulo Honório, fazendeiro personagem protagonista do romance, tenta convencer Madalena a casar-se com ele, elogiando seus conhecimentos acadêmicos e sua posição como professora, ora, anteriormente, tenta convencer Dona Glória a fazer com que a sobrinha dela, …

Livro Adaflor . a menina alada do Acadêmico e Presidente da AGLAC, Decio Machado, em e-book

Imagem
Livro Adaflor . a menina alada do Acadêmico e Presidente da AGLAC, Decio Machado, em e-book.

Clique aqui para ler gratuitamente: https://www.recantodasletras.com.br/e-livros/6354348

Perfil da Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciências (AGLAC) no Recanto das Letras

Imagem
Perfil da Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciências (AGLAC) no Recanto das Letras . https://www.recantodasletras.com.br/autores/academiagoncalense


Minha participação no evento do Restaurante Sintonia Fina - Exposição de Arte Tema Livre

Imagem
Minha participação no evento do Restaurante Sintonia Fina - Exposição de Arte Tema Livre - ontem (25 de maio de 2018) com a curadoria de Fatima Miranda e organização de Fábio Hartmann. Na foto, eu e a minha peça de arte exposta, Organismo.





Título: Organismo Estilo: Expressionismo abstrato Técnica: guache e caneta marcador s/ tela Dimensões: 50 x 40 cm Ano: 2015 Preço: R$ 400,00
Autor: Mauricio Duarte (Divyam Anuragi)

Espinoza

Imagem
Espinoza
Descartes morreu como católico romano, recebendo em seus últimos momentos, os sacramentos da igreja.Embora em seu tempo de vida fosse perseguido como ateísta, sua memória é agora referida fora da Cristandade.Não foi o que ocorreu com o discípulo de Descartes, Benedict Espinoza.Depois de dois séculos de censuras, os teólogos apenas agora fazem justiça a sua memória. Herder e Scheleiermacher têm observado e chamado Espinoza como um cristão também, mas seus clamores têm sido desde há muito rejeitados, não apenas pelas igrejas, mas pelos inimigos abertos do cristianismo.O que quer que seja dito das suas doutrinas, todos concordam que representam-no como um cristão no coração e na vida; um exemplo de constância paciente; um homem cheio de fé na bem-aventurança divina, preferindo trazer os frutos mesmos do Espírito, do que comer as pequenas maçãs da raiva e da malícia, disputa e discórdia, professadas pelos cristãos do seu tempo e que os caracterizava.Ele, uma vez, escreveu: “Eu re…