Postagens

Mostrando postagens de Junho 1, 2014

Cenários

Imagem
Como sempre informo, escrever é uma habilidade de construir ideias e sonhos apenas com as palavras. Para isso, o escritor deve dominar muito bem o seu vocabulário para expressar de forma mais articulada e criativa possível, a fim de fazer o leitor se desprender do texto e imaginar mais facilmente. O autor não pode utilizar linguagem rebuscada, nem mesmo contar a história de forma complexa, para não tornar a obra difícil. A mente deve andar junta com a leitura e fluir com naturalidade. Se tentar bancar de diplomata, você vai cansar e perder o leitor aos poucos. Além de dominar bem a história, o que é essencial, você também precisa saber o que está fazendo. Nem sempre você precisa estar no local para descrever melhor o cenário. Apenas uma pesquisa habitual é necessária, para não deixar escapar umas incoerências indigestas. Você é livre para imaginar. Deve abusar ao máximo da imaginação. Mas também tem que saber que certas coisas têm limites e até mesmo proibições para apresentar um espaço…

Tipo um problema dos Correios

Imagem
Porque a nova marca dos Correios incomoda.Marina Chaccur*
No dia 6 de maio de 2014 foi lançada a nova marca dos Correios. Uma das maiores empresas brasileiras resolveu investir milhões de reais para “modernizar” sua identidade visual. Parte do processo consistiu em uma licitação através da qual contrataram a CDA Branding & Design for People, que foi responsável pelo posicionamento estratégico e redesenho da marca, por R$390.000,00. Como qualquer redesign, o projeto recebeu elogios e críticas nos dias que se seguiram e a discussão continua.
Um dos temas recorrentes em comentários é o plágio. Teve até reportagem fazendo alarde sobre uma possível cópia. Surgiram vários links e imagens de marcas que são “similares”. Plágio? Claro que não! A questão é que a atual marca dos Correios é tão genérica, que se parece com várias outras, incluindo até mesmo template do Shutterstock. Uma seta para cada lado, com efeito tridimensional, um tipo sem serifa geométrico e pronto!
A verda…