terça-feira, 16 de setembro de 2008

Parado,mas não morto.


O blog anda parado,
mas isso tem um motivo.Estamos trabalhando
em alguns projetos para o site da SAL
Que alias já está sendo disponibilizado no site.
www.sociedadesal.org
Mas o blog não será abandonado,,e como dizem por ai:
"Quem viver verá"
Um abraço a todos,

Dias

terça-feira, 22 de julho de 2008

Nova Lei

LEI N° 160, DE 17 DE JULHO DE 2008.

EMENTA: INSTITUI COMO PATRIMÔNIO CULTURAL

A FEIRA DE ARTES E TRADIÇÕES

POPULARES DO MUNICÍPIO DE SÃO GONÇALO.

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE SÃO GONÇALO, no

uso de suas atribuições legais,

Faço saber que a CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO

GONÇALO decretou e EU sanciono a seguinte Lei:



Art. 1o – Fica estabelecido a Feira de Artes e Tradições

Populares como Patrimônio Público Cultural do Município

de São Gonçalo.

Art. 2° – A comemoração da Feira de Artes e Tradições

Populares será realizada sempre na última semana do

mês de agosto de cada ano e deverá ter apoio do Poder Executivo.

Art. 3° – Esta Lei estabelece que os órgãos competentes

do Município deverá elaborar medidas que permitam a

realização da Feira de Artes e Tradições Populares.

Parágrafo Único – A realização bem como a coordenação

da Feira de Artes e Tradições Populares será de responsabilidade

das Secretarias afins, Educação, Cultura e

Turismo e etc.

ART. 4° – Poder Executivo poderá subvencionar a

Feira de Artes e Tradições Populares toda vez que for necessário,

e solicitado pela coordenação do evento.

Art. 5o – Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação,

revogadas as disposições em contrário.

São Gonçalo, 17 de julho de 2008.

APARECIDA PANISSET

Prefeita

Projeto de Lei no 037/2008, de autoria do Vereador José Augusto

Abreu.

sexta-feira, 11 de julho de 2008

V SALÃO DE ARTES PLÁSTICAS DA CASA DO LAGOA


Finalidade

– Divulgar e incentivar as Artes Plásticas, descobrindo novos e diferentes talentos na nossa região e cidades espalhadas no Brasil. Tema Livre, nossos artistas terão liberdade de expressão.



Participação – O Salão será aberto a todos os artistas plásticos brasileiro ou não, nas mais diversas modalidades: PINTURA (OST E AST) – DESENHO – ESCULTURA – GRAVURA – PORCELANA – AQUARELA – NAIF – PINTURA EM VIDRO – CRIATIVIDADE – INFANTO JUVENIL (crianças até 14 anos).



As telas deverão estar devidamente emolduradas e prontas com arame para serem penduradas, medindo no máximo 1,00 x 1,00.

Inscrição e Entrega das Obras – As inscrições deverão ser feitas através do site: www.casadalagoa.com.br ou através do tel. (22)2653.6630, no horário de 09:00/18:00 h.



As obras deverão ser entregues nos seguintes locais:

· Casa da Lagoa – Tel. (22) 2653.0331 (13/08).

· Ateliê Pinte Conosco – Rua Independência, 135 – São Cristóvão/Cabo Frio – Tel. (22) 2643.4412/92565973 - Fouraux (até 12/08).

· Ateliê Tia Cotinha – Av. Saquarema, 5939 Lj. 20 (Galeria do Supermercado Econômico) Bacaxá – Tel. (22)2653.6630 Sandra ou Alba (até 12/08)

· Ateliê Electra – Rua das Nações Unidas, 105 – Parque dom Bosco/Campos dos Goytacazes – Tel. (22) 2722.2856 / 2723.9110 (fax) (data a combinar).

· Ateliê Anna Barros – Rua: Maestro José Botelho, 106 apto 202 – Bairro Vital Brasil/Niterói – RJ. (data a combinar)

· Ateliê Portal das Artes – Rua Dias da Cruz, 143 sl 503 – Méier/RJ – Tel. (21) 2289-5328/9443.2836 – Isabel Souza (data a combinar)



Todas as obras deverão ser entregues no local, até dia 13/08, contendo as seguintes informações: TÍTULO, MEDIDA, TÉCNICA E VALOR (caso queira vendê-la).



O artista poderá expor quantas obras desejar, mas somente uma obra será premiada.



Os artistas das demais localidades poderão enviar suas obras através de SEDEX, com a xerox do comprovante de depósito, para a Caixa Postal 110837, CEP 28993-000, Saquarema-RJ. As obras enviadas por SEDEX, serão de responsabilidade do artista.



As inscrições serão confirmadas mediante apresentação da xerox do depósito em conta (conforme abaixo) ou pagamento efetuado no local, no prazo estipulado pelos organizadores.

BANCO DO BRASIL

Elba Pessoa Siqueira

Ag. 0493-6 Jacarepaguá

Conta Corrente 132217-6



A taxa de inscrição está estipulada em R$ 50,00 (cinqüenta Reais) para uma obra. Duas obras R$ 90,00 (noventa Reais), Três obras R$ 120,00 (Cento e vinte Reais).

J

ulgamento e Premiação – A comissão organizadora convidou para fazer parte da mesa do júri, curadores, professores e críticos de Artes.



As obras serão julgadas em sessão reservadas.



A cada artista só poderá ser conferidos um prêmio e todos os demais participantes, receberão certificado de participação.

Medalhas cunhadas de ouro, prata, bronze e Menção Honrosa – a critério do júri;
Troféu de Destaque do Salão – para a obra em destaque
Troféu Casa da Lagoa + prêmio surpresa (a obra será do acervo do patrocinador do prêmio) – para a melhor obra exposta
Vernissage – Premiação e coquetel de confraternização no dia 17/08/2008, as 16:00 h, no Salão de Festa da Casa da Lagoa.

A exposição estará aberta ao público de 18/08 a 14/09, das 10:00/17:00 h de 2ª a sábado e de 09:00/12:00 h aos domingos.

Disposições Gerais – A retirada das obras será no período de 15/09 a 21/09/2008, no horário comercial. Após esse período serão encaminhadas para o Ateliê Tia Cotinhas.

Maiores informações entrar em contato pelo e-mail: scabittencourt-1@hotmail.com





Inscrições e entrega das obras – até 13/08/2008

Premiação e Coquetel – 17/08/2008

Exposição – 18/08 a 14/09/2008

quinta-feira, 10 de julho de 2008

I MOSTRA DE ARTES VISUAIS

I MOSTRA DE ARTES VISUAIS





A Prefeitura de São Gonçalo, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e o São Gonçalo Shopping, promovem a I Mostra de Artes Visuais de São Gonçalo 2008.



DA MOSTRA



1- A I Mostra de Artes Visuais será realizada na Praça de Eventos do São Gonçalo Shopping, no período de 01/08 a 13/08/2008.



2- O programa da referida Mostra, compreende as seguintes categorias:



a- pintura

b- gravura

c- desenho

d- escultura



DA PARTICIPAÇÃO



3- A I Mostra de Artes Visuais de São Gonçalo é aberta a artistas profissionais e amadores do Município.



4- O participante deverá inscrever-se em uma única categoria. A obra deverá ser entregue em perfeito estado de conservação e convenientemente preparada para exposição (emoldurada e montada em base com ganchos e/ou arames para sua fixação).



5- Os quadros não poderão ultrapassar a medida de 2,30m2 (dois metros e trinta centímetros quadrados).



6- Os trabalhos deverão ser inéditos e executados a partir de 2006. Não serão aceitas cópias, adaptações, trabalhos de autores falecidos e obras não identificadas.



7- Não serão aceitos trabalhos executados com materiais perecíveis ou que possam prejudicar o bom andamento da exposição.



8- Deverá constar no verso da obra: nome artístico, título, ano, técnica e dimensão.



9- A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e o São Gonçalo Shopping não se responsabilizarão por danos acidentais de qualquer natureza nas obras inscritas.



DAS INSCRIÇÕES



10- As inscrições serão gratuitas, e deverão ser realizadas através de preenchimento da Ficha de Inscrição e entregue entre os dias 30/06 a 11/07/2008, das 14:00 às 17:00, na Secretaria de Cultura e Turismo de São Gonçalo, localizada à av. Presidente Kennedy, 721, 2º andar, Estrela do Norte, São Gonçalo/RJ. Tels: 2199-6521 e 2199-6512.







11- A Ficha de Inscrição estará disponível a partir do dia 25/06, na Secretaria de Cultura e Turismo de São Gonçalo.



12- Do dia 16/07 ao dia 25/07, a Secretaria de Cultura e Turismo de São Gonçalo entrará em contato com o artista inscrito, comunicando a quantidade de obras que poderá expor.



13- Caso a quantidade de inscritos ultrapasse o espaço disponível no Shopping, a Secretaria de Cultura e Turismo de São Gonçalo fará um rodízio entre as obras, para que todos os artistas possam participar.



14- A entrega das obras será de responsabilidade do artista e deverá ser feita nos dias 29 e 30/07/2008, das 10:00 às 17:00, na Praça de Eventos do São Gonçalo Shopping, situado na rodovia Niterói/Manilha. O funcionário da Secretaria de Cultura e Turismo estará no local, recebendo as obras e emitindo respectivo comprovante.



15- No ato da inscrição, o participante autorizará os realizadores a dar ampla divulgação de sua obra.



16- Todos os participantes receberão Certificado de Participação.



DISPOSIÇÕES GERAIS



17- A assinatura na Ficha de Inscrição implica na aceitação das normas deste Edital.



18- É de responsabilidade do artista a retirada de sua(s) obra(s) do Shopping, que deverá ocorrer nos dias 14 e 15 de agosto de 2008, das 10:00 às 17:00, no mesmo local. Após essas datas, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo definirá sua destinação e não se responsabilizará por eventuais danos.



19- Cabe à Secretaria Municipal de Cultura e Turismo fazer cumprir as normas estabelecidas neste Edital e deliberar sobre os temas nele não contidos, sendo suas decisões irrecorríveis.



20- A abertura da exposição será no dia 1º de agosto, às 18:00.





CRONOGRAMA



- Inscrições 30/06 a 11/07/2008, das 14:00 às 17:00

- Contato da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo com o artista, 16 a 25/07/2008

- Entrega das obras 29 e 30/07/2008, das 10:00 às 17:00

- Exposição de 01/08 a 13/08/2008

- Retirada das obras 14 e 15/08/2008, das 10:00 às 17:00

sexta-feira, 9 de maio de 2008

Moção de Aplauso da Câmara de São Gonçalo.

Em Março de 2008, o vereador Professor José Augusto, ex-Secretário de Turismo e Cultura de São Gonçalo, promoveu uma Moção de Aplauso da Câmara de Vereadores desta cidade para os relevantes serviços de vários artistas locais
ao município e seus habitantes.
Dentre os homenageados estão alguns membros da SAL:


O Vice-presidente da SAL, o escritor Paulo Souto, recebe a Moção da Câmara de Vereadores por seu trabalho, o livro "Á Sombra dos Laranjais" - o primeiro romance da cidade.

O Presidente da SAL, o desenhista Alexandre Martins, recebe a Moção de Aplauso da Câmara de Vereadores pelos 15 anos de seu Estúdio de desenhos-animados - o pioneiro da cidade.

Também recebeu a Moção de Aplauso a professora Maria Nelma Carvalho Braga, sócia da SAL, por sua obra de resgate e divulgação da história da cidade de São Gonçalo.

quarta-feira, 30 de abril de 2008

21° Salão Nacional de Humor de Volta Redonda

Prazo Final: 9 de Junho de 2008

1) Os trabalhos, inéditos, deverão ser apresentados no sentido vertical, no formato 30cm x 40cm, nas 5 (cinco) modalidades previstas:

- Cartum

- Charge

- Caricatura

- História em Quadrinhos

- Modalidade Especial - "O DESMATAMENTO DA AMAZÔNIA"

2) Cada concorrente poderá participar nas 5 (cinco) modalidades com apenas 1 (um) trabalho por modalidade.

3) A modalidade "História em Quadrinhos" deverá ser apresentada com apenas uma página, no sentido vertical.

4) Só serão aceitos trabalhos originais, fotocópias ou reproduções em computador não serão permitidas.

5) No verso de cada trabalho deverão constar as seguinte informações: modalidade inscrita, nome completo do autor, endereço completo com CEP, telefone, CIC, identidade, dados bancários e e-mail.

6) Os trabalhos poderão ser inscritos pessoalmente ou pelo correio, valendo a data limite de 9 de junho de 2008.

7) Os trabalhos deverão ser encaminhados para o seguinte endereço:

21° Salão Nacional de Humor de Volta Redonda
Secretaria Municipal de Cultura - Ilha São João
CEP 27291.290 Volta Redonda – RJ

quinta-feira, 24 de abril de 2008

10º Salão FNLIJ do Livro para crianças e jovens

A Fundação Nacional de Livro Infantil e Juvenil já definiu o calendário do Salão do Livo deste ano. O evento acontecerá entre os dias 21 de maio e 1º de junho, no Museu de Arte Moderna. Em breve, serão divulgadas novas informações.
Data/Horário: De 21 de maio a 1º de junho.
Informações
E-mail: seminario@fnlij.org.br
Website: http://www.fnlij.org.br/

quinta-feira, 17 de abril de 2008

Concurso Gráfico o XIX Salão Carioca de Humor



Estão abertas as inscrições para Concurso Gráfico o XIX Salão Carioca de Humor

O contemporâneo, irreverente e tradicional Salão Carioca de Humor inicia as inscrições para o Concurso Gráfico de Humor começou na segunda–feira, dia 14 e vai até 28 de abril. Os 60 melhores trabalhos serão expostos durante o Salão, que acontece de 2 de junho a 31 de julho de 2008, na Casa de Cultura Laura Alvim/Funarj. Os três primeiros colocados receberão prêmio em dinheiro: R$ 6 mil, 4 mil e 2 mil, respectivamente. Também, ganharão um troféu especialmente confeccionado para o XIX Salão Carioca de Humor.

A novidade deste ano é que o artista poderá fazer a pré-inscrição pela internet através do site da Funarj www.funarj.rj.gov.br O candidato preencherá um cadastro e receberá seu número de participação. Para efetivar a inscrição, os trabalhos devem ser enviados pelos Correios, com postagem até 28 de abril de 2008 ou entregues na Casa de Cultura Laura Alvim, no horário de 13h às 19h.

Como nas outras edições do concurso, as categorias são cartum, charge, caricatura e quadrinhos. Cada participante poderá inscrever até cinco trabalhos em cada grupo. O padrão dos trabalhos deve seguir os critérios descritos no regulamento publicado no site da Funarj.

Os trabalhos passarão por uma Comissão de Seleção, composta pela equipe organizadora doXIX Salão Carioca de Humor e por convidados especializados em desenhos de humor. Em seguida, os trabalhos selecionados serão avaliados por um júri com cinco integrantes com experiência notória em humor e artes gráficas, a ser constituído pela curadoria do Salão. O resultado da premiação será divulgado a partir do dia 19 de maio de 2008, no site da Funarj (www.funarj.rj.gov.br).

O Salão Carioca de Humor é uma iniciativa da Casa de Cultura Laura Alvim e da Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro, vinculada a Secretaria de Estado de Cultura.

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Histórias da Bíblia serão contadas via celular nas Filipinas



divulgação do Livro Sagrado, visando uma difusão maior da mensagem cristã para o público mais jovem.
Na Grã-Bretanha, Manga Bilble é sucesso entre jovens
Davi e Golias..hum,concerteza Davi vai usar sua
super "funda"


“É um jeito de estar perto das novas gerações e do seu modo de comunicar, transmitindo a mensagem do evangelho, de uma maneira divertida, mesmo para quem não pode ir à igreja”, comentou o secretário da comissão, padre Oscar Alunday.

Mensagem de texto

O clero filipino decidiu usar novos métodos de evangelização ao examinar as estatísticas sobre o conhecimento da Bíblia no país.

De acordo com uma pesquisa realizada em 2006 pela Sociedade Bíblica nacional, 60% da população filipina não lê a Bíblia, apesar do catolicismo ser a religião principal. Dos 90 milhões de habitantes, 80% se dizem católicos.


Next, foto de cortesia
Jesus aparece em cenas de ação nos quadrinhos ingleses

A ativação do serviço será feita por meio de uma mensagem de texto gratuita, O custo é de 8 centavos de euro e cada mensagem contém um texto, além de uma animação para os celulares que podem receber vídeos.

Super-herói

Na Inglaterra, a história de Jesus Cristo apresentado como um super-herói em quadrinhos, está conquistando o público jovem.

Manga Bible, lançado no ano passado, vendeu 30 mil cópias e foi definido como “brilhante e inteligente” pelo arcebispo de Canterbury, Rowan William.

O autor dos quadrinhos é Ajinbayo Akinsiku, 42 anos, conhecido como Siku.

Nos desenhos, Siku usa cores fortes e cenas de ação, em que Jesus Cristo aparece como um super-herói solitário e estrangeiro. Tem cabelos compridos e veste uma túnica esvoaçante e às vezes aparece sombrio e até assustador.

“Jesus não é bonzinho neste mangá. No deserto ele chega a ser mais assustador que o diabo”, explica o cartunista.

O Vaticano não se manifestou oficialmente sobre estas versões do Novo Testamento. O responsável pelo setor que se ocupa das comunicações sociais da Santa Sé, admitiu que não tem conhecimento destas duas iniciativas, mas considerou que elas podem ter um efeito positivo na divulgação da fé cristã.
“Não vejo problemas em usar os meios de hoje para transmitir aos jovens conteúdos fundamentais, é positivo. Isso não quer dizer que tudo o que se faz seja ótimo porque há perigo de banalização da mensagem”, alertou o arcebispo Claudio Maria Celli, presidente do Pontificio Conselho para as Comunicações Sociais.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Bandeiras da fé

Folias de Reis se despedem das festas de Natal e dão início às homenagens a
São Sebastião. No interior, tradição se renova
Gustavo Werneck Renato Weil/EM

Caravana dos Santos Reis, em BH, prepara festa e procissão para hoje

Os pés ainda não se cansaram, as mãos mantêm o ritmo vigoroso e as músicas enchem o ar de reverência e alegria. Depois da longa temporada de festas natalinas, com visitas aos presépios, as Folias de Reis continuam sua peregrinação pela capital e pelo interior, trazendo, desta vez, na bandeira e na voz, uma homenagem diferente. Até o dia 20, quando se comemora o Dia de
São Sebastião, as caravanas saem às ruas para saudar o santo que protege contra a fome, a peste e a guerra. Em Belo Horizonte e São João del-Rei, no Campo das Vertentes, gente de todas as idades, com instrumentos e roupas coloridas, faz crescer o encantamento pela tradição que nasceu em Portugal, no século 13, e se mantém cada vez mais viva em Minas Gerais, onde há cerca de 2 mil grupos.

Hoje, a partir do meio-dia, mais de 50 folias se encontram na Escola Municipal Maria do Amparo, no Bairro Industrial, em Contagem, na Grande BH - a festa, na sua 26ª versão, acontece sempre uma semana depois do Dia de Reis. Pela manhã, na capital, a Caravana dos Santos Reis, do Bairro Alto dos Pinheiros, vai percorrer o Bairro Jardim Alvorada, na Região Noroeste, para cantar nas casas que estiveram abertas, de portas e coração, para recebê-la.
O coordenador Geraldo Antônio da Silva explicou que, historicamente, a folia se encerra em 2 de fevereiro, Dia de Nossa Senhora das Candeias, fechando o ciclo da viagem de Gaspar, Belchior e Baltazar ao encontro do Menino Jesus.

Integrante desde criança dessa manifestação cultural e religiosa ligada às irmandades de Nossa Senhora do Rosário, Manoel Fonseca dos Reis, presidente do Centro de Tradições do Rosário no Estado Maior de Minas Gerais, diz que domingo que vem haverá mais festa. "Será na Igreja de São Sebastião, no Barro Preto, na Região Centro-Sul de BH. Teremos missa, barraquinhas,
bênçãos e procissão."

Em São João del-Rei, os grupos não param de crescer - já são 13 -, informa o dentista, folclorista e pesquisador Ulisses Passarelli, de 35, que sai à frente de um deles, criado em 1981. Cada grupo recebe o nome do organizador ou do bairro de onde vem. "É uma tradição que não vai morrer. Cada um vive com os seus próprios recursos, sem patrocínio, às vezes contando com apoio da Secretaria Municipal de Cultura para o transporte", observa.

No estado, não há um número exato das folias e pastorinhas, variando de 1,5 mil a 2 mil. O Centro de Tradições do Rosário fará um cadastramento de todos os grupos, informa Manoel dos Reis. Sem patrocínio, devido ao seu caráter religioso e devocional, "as folias receberam, no entanto, o entendimento da Igreja Católica de que retratam a religiosidade popular, sendo incorporadas à liturgia", diz.

RETORNO
Em Ipoema, distrito de Itabira, na Região Central de Minas, a comunidade quer ressuscitar a folia, diz a diretora do Museu do Tropeiro, Eleni Cássia Vieira. "No Dia de Reis, a visita do grupo de Caxambu, distrito de Rio Piracicaba, despertou o interesse na volta dos nossos foliões. Para
reativar o grupo, só precisamos de instrumentos. Tocador é o que não falta", afirma.

Um dos mais antigos grupos de Santa Luzia, na Grande BH, também quer voltar às ruas. O problema é a falta de "moças e rapazes" para integrar o grupo fundado há mais de 50 anos e hoje coordenado por Cleusa Rodrigues. "Estamos há oito anos parados e ansiosos para cantar nas casas. Já ganhei três pandeiros novos", diz.

--------------------------------------------

Em São Gonçalo das 13 Bandeiras no passado, restam apenas 4 atualmente...

sábado, 12 de janeiro de 2008

Meio milhão de imagens da Santa Sé ao alcance do público

Meio milhão de imagens da Santa Sé ao alcance do público

O serviço fotográfico de «L’Osservatore Romano» oferece os «Cadernos Giordani»

Por Marta Lago

CIDADE DO VATICANO, sexta-feira, 11 de janeiro de 2008 (ZENIT.org).- O serviço fotográfico do jornal da Santa Sé, «L’Osservatore Romano», decidiu colocar à disposição do público um catálogo eletrônico que permite localizar e solicitar imagens do meio milhão que compõe o «Fundo Giordani».

Francesco Giordani foi fotógrafo da Santa Sé de 1930 a 1978, ano em que cessou sua atividade, recorda uma nota do citado serviço. Arquivou e conservou todos os negativos em sua própria residência.

O serviço fotográfico de «L’Osservatore Romano», que pouco antes que Giordani se retirasse havia se organizado para o jornal e o Vaticano com fotógrafos próprios, havia iniciado o arquivo das imagens que estavam sendo produzidas. É então quando se adquiriu o arquivo fotográfico do profissional e se trasladou ao Vaticano.

Este precioso material, o «Fundo Giordani», completa-se com seus «Cadernos». Neles, o fotógrafo anotava com precisão e ordem os eventos correspondentes às imagens, com o número de caixa onde estavam guardados os negativos. Além desta catalogação cronológica, cada ano Giordani elaborava um caderno refletindo os acontecimentos por ordem alfabética.

Este material de catalogação se converteu em um volume «eletrônico» de 367 páginas graças ao trabalho do serviço fotográfico de «L’Osservatore Romano». Trata-se de um arquivo em formato Word que possibilita a busca rápida de imagens por nome, lugares, situações, eventos, siglas e outras categorias.

Este formato eletrônico dos «Cadernos Giordani» documenta, portanto, o conteúdo do arquivo fotográfico – compila todas as anotações; não inclui imagens. Está à disposição do público de forma gratuita para que se possam localizar com facilidade as fotos.

Milhares de caixas, seriadas e numeradas de formas diversas, contêm o material. Estima-se que o número de imagens seja aproximadamente de 500.000.

A heterogeneidade de seu conteúdo e de seu suporte, o sistema de arquivo originário e os diversos traslados levaram à perda de pequenas partes do fundo, ainda que se calcula que 95% do elenco que o documento eletrônico oferece é localizável entre as fotografias.

A quantidade de dados do volume eletrônico à disposição do público é ingente e permite buscas tão variadas como, por exemplo, os sumos pontífices Pio XI, Pio XII, João XXIII, Paulo VI e as viagens destes no mundo; cardeais, bispos, sacerdotes, religiosas, superiores, personagens históricos – Mussolini, Marconi, De Gaspari e soberanos de muitíssimas nações –, políticos, institutos religiosos e acadêmicos com sua atividade, universidades pontifícias, visitas papais às paróquias romanas, Guarda Suíça, imagens de crônica cidadã, a Pietá embalada para a Expo de Nova York, etc...

Dos protagonistas das imagens, ainda que não fossem célebres, conservaram-se registro do nome, ainda que às vezes por aproximação, dado que assim era o caderno.

Utilizando esta ferramenta, o público pode, portanto, solicitar qualquer foto do «Fundo Giordani». Após a localização da mesma se digitalizará com scanners profissionais e se poderá imprimir em papel do serviço fotográfico no tamanho desejado, ou se poderá obter em formato digital para suportes USB, CD, etc...

O custo se definirá em cada caso, dependendo da dificuldade da busca ou do número de negativos que for preciso visualizar, declara o serviço fotográfico de «L’Osservatore Romano». A isso acrescenta o custo do Copyright se se deseja publicar a imagem.

Mais informação e pedidos:

Dom Giuseppe Colombara
Diretor do Serviço Fotográfico
giuseppe.colombara@ossrom.va
Telefone: +39.06.698.99464

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...