Postagens

Mostrando postagens de 2019

Feliz Ano Novo - 2020

Imagem

“a caminho da igreja”

Imagem
“a caminho da igreja”
“Montanhas soam
Teu andar vibra sóis
As mãos fulgem
Luzes
Estrelas
A torre da igreja dominga
Murmura
Onde está você”
August Stramm
(August Stramm – Poemas-estalactites - tradução Augusto de Campos - Coleção Signus 44. São Paulo: Editora Perspectiva, 2009)
Visite a página da escritora, palestrante e acadêmica Bartira Mendes . RESPIRANDO POESIA .https://www.facebook.com/bartiramendesrespirandopoesia/
#visite#página#Respirando#poesia#poema#poetisa#Bartira

O Choro Maligno

Imagem
O Choro Maligno É aquele
Que embaça a vista
Que cria um bolo na garganta
Que te impedem
De respirar.
O choro maligno
É o que vem com as palavras
Que levam a remoer
A dor da falta de afeto
Na crueldade do individualismos em que vivemos.
Num mundo onde os dias e as horas
Parecem terem pressa para o calendário mudar
O choro maligno
É o que cala a voz
No medo de esquecer o passado
E viver o presente
E desejarem o futuro.
O choro maligno
É o que vem
Com a frieza dos olhares
Da falta dos abraços apertados
E do sorriso sincero
Que já não se vê mais.
O choro maligno
Travam guerras, conflitos interiores
Que sangram
Pela falta de humanidade
Pela falta de amarmos ao outro
Como a si próprio.
O choro maligno
Vem da alma
Transita pelo corpo
E fecham corações
Que só querem amar.
Sentimentos de perdas
Que à muitos, impedem de sonhar
De viver
E de amar. Bartira Mendes Costa Visite o instagram da poetisa, palestrante e acadêmica Bartira Mendes Costa . RESPIRANDO POESIA . https://www.instagram.com/respirandopoesia_bartiramendes/ #visite#ins…

As Nuvens Bailam

Imagem
As Nuvens Bailam Em meus versos
Já falei do pôr do sol
Das noites de lua cheia
Do brilho das estrelas.
Mas hoje! Um tanto mais atenta
Observo e contemplo
As nuvens a bailarem.
Que elegantes em suas formas diversas
Deixam o vento tocá-las
E de onde estou as percebo:
Umas serenas
Outras mais aceleradas
Parecem embaladas a sons diversos
Que o vento faz.
E assim elas percorrem o Universo.
Suas formas
São como mensagens divinas
Que se revelam, também, em cores diversas
Por onde andam
Quase sempre sem serem percebidas
Exibem segredos e mistérios
A serem decifrados
Com o coração de quem busca amar.
A mim, Hoje! Fizeram-me sonhar
E acreditar que o impossível
Torna-se possível
Quando em Deus passamos a confiar
E assumirmos
Que é preciso mudar.
E sem se despedirem elas seguem
Caminhos diversos pra posar
E comigo! Deixam a paz. Bartira Mendes Visite a página Respirando Poesia da poetisa, palestrante e acadêmica Bartira Mendes . RESPIRANDO POESIA . https://www.facebook.com/bartiramendesrespirandopoesia #visite#página#facebook#po…

Sete artes cognitivo-ontológicas

Imagem
Sete artes cognitivo-ontológicas

À semelhança de uma Esteganografia, tenciono realizar uma analogia com As Sete Artes Liberais – o Trivium e o Quadrivium – tão utilizados na Idade Média, para criar um método de abordagem em análise estética e filosófica (basicamente) que englobe um Enlevo Perceptivo (arte-enlevo, interface-enlevo, índice-enlevo e espiritualidade-enlevo) e uma Ascenção Perceptiva (Pedagogia-ascenção, Filosofia-ascenção e Teologia-ascenção). A Esteganografia é um método que assegura a transmissão segura de dados digitais na rede (web) ou numa intranet, a partir de algoritmo com a linguagem de programação Phyton. Uma Análise de Similaridade Estrutural de Imagens Esteganografadas com Python revela que uma imagem (foto, ilustração, gráfico) e sua versão esteganografada são extremamente similares e demonstram níveis de eficiência para a segurança (e para se obter uma cópia exata da imagem) muito grandes. Os aspectos gráficos das imagens são melhor considerados nessa técnica …

“Solitário”

Imagem
“Solitário” “Como um fantasma que se refugia
Na solidão da natureza morta,
Por trás dos ermos túmulos, um dia,
Eu fui refugiar-me à tua porta! “Fazia frio e o frio que fazia
Não era esse que a carne nos contorta...
Cortava assim como em carniçaria
O aço das facas incisivas corta! “Mas tu não vieste ver minha Desgraça!
E eu saí, como quem tudo repele,
- Velho caixão a carregar destroços - “Levando apenas na tumba carcaça
O pergaminho singular da pele
E o chocalho fatídico dos ossos!” Augusto dos Anjos Visite o instagram da escritora Bartira Mendes Costa . RESPIRANDO POESIA .https://www.instagram.com/respirandopoesia_bartiramendes/ #visite#instagram#Respirando#poesia#poema#poetisa#Bartira#Mendes

“Versos Íntimos”

Imagem
“Versos Íntimos” “Vês?! Ninguém assistiu ao formidável
Enterro de tua última quimera.
Somente a Ingratidão - esta pantera -
Foi tua companheira inseparável! “Acostuma-te a lama que te espera!
O Homem que, nesta terra miserável,
Mora entre feras, sente inevitável
Necessidade de também ser fera “Toma um fósforo, acende teu cigarro!
O beijo, amigo, é a véspera do escarro.
A mão que afaga é a mesma que apedreja. “Se a alguém causa ainda pena a tua chaga
Apedreja essa mão vil que te afaga.
Escarra nessa boca de que beija!” Augusto dos Anjos Visite a página da escritora Bartira Mendes . RESPIRANDO POESIA . https://www.facebook.com/bartiramendesrespirandopoesia/ #visite#página#facebook#Respirando#poesia#poema#poeta#Augusto#Anjos#poetisa#Bartira#Mendes#letras

Feliz Natal

Imagem
Feliz Natal a todos os amigos, parceiros e companheiros de jornada!!!!
Imagem: "A Natividade" | Robert Campin | 1420-1425 | Museu das Belas-Artes, Dijon. França


Pequeno Presépio da minha casa. Feliz Natal.

Imagem
Pequeno Presépio da minha casa. Feliz Natal.




Cerimônia de Premiação do 1o. Concurso de Contos da AGLAC

Imagem
Cerimônia de Premiação do 1o. Concurso de Contos da AGLAC






Fotos da Cerimônia de Premiação do Primeiro Concurso de Contos da AGLAC.
https://www.facebook.com/pg/academiagoncalensedeletrasarteseciencias/photos/?tab=album&album_id=466151517426515

LISTA DE VENCEDORES

Imagem
A Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciências tem a honra e a satisfação de anunciar os vencedores do nosso Primeiro Concurso de Contos da AGLAC.


Maiores informações:
academiagoncalense.aglac@gmail.com
https://www.facebook.com/academiagoncalensedeletrasarteseciencias/
https://sites.google.com/view/aglac/

Ato de pensar

Imagem
Ato de pensar
Aquele que pensa
Que o pensamento
Foi pensado
Jamais pensou
Antes mesmo de realmente
Se ver pensando.
Construiu ideias
Vagou no querer
Tentou poder
Mas com consciência
Jamais se fez consciente
Da necessidade de pensar.
Um tanto ingênuo
Ou audacioso
Antes mesmo de pensar
Calou todos os pensamentos
Que por sorte
Ou questão de momento
E por direito
Pode pensar
Assim se joga com os pensamentos
Assim nascem os pensamentos
Assim se faz valer
A força que existe
No ato de
Simplesmente Pensar.
Bartira Mendes
(Extraído do livro “Momentos Poéticos” de Bartira Mendes Costa . Editora Bem Cultural . Página 58 . Petrópolis . 2015)
Visite o instagram da poetisa Bartira Mendes . RESPIRANDO POESIA . https://www.instagram.com/respirandopoesia_bartiramendes/
#instagram#visite#poema#poesia#Respirando#poetisa