Postagens

A que se refere a Arte-enlevo?

Imagem
A que se refere a Arte-enlevo?



A ARTE-ENLEVO explora e congrega, numa aglutinação, quatro tipos de abordagens filosóficas: Estética (obviamente, a arte relaciona-se ao belo e ao feio), a Axiológica (relação direta com valores dentro do meu pensamento), Epistemológica (porque interdisciplinar e de forma científica, ainda que considerando “ciências antigas”) e Ontológica (relação com a metafísica, a essência das coisas).

Mauricio Duarte (Divyam Anuragi)

Visite o site Conspiração de Consciência e Arte-enlevo . https://sites.google.com/site/conspiracaodeconsciencia/home

Heráclito

Imagem
Heráclito




A escola eleática tentou terminar o dualismo entre o permanente e a mudança, dando realidade à mudança. Mas o fenomenal continua como dado pela experiência dos sentidos. Ainda há o Um e o muitos. A unidade da razão e multiplicidade do senso. Heráclito reconcilia os dois e mostra como ambos existem num perfeito monismo, o um no muitos e o muitos no um; sendo verdade nem o um nem o muitos, mas a união – o fluxo e o refluxo – o que está por vir. A doutrina de Heráclito geralmente é dita como obscura. Cudworth chama-o de um “filósofo confuso” e Sócrates, com ironia gentil, diz do seu livro concernente à natureza que o que ele entendeu dele é excelente e o que ele não tem dúvida que não entendeu, é igualmente bom. Trazendo-o como vindo depois de Parmênides e colocando-o com os mesmos problemas da Escola Eleática, nós podemos perguntar a ele a questão: “Oque é o universo?” “É ser ou não-ser?” e as respostas: “Não é nenhum dos dois, porque é ambos.” Tudo é e tudo não é; enquanto ve…

Dia Mundial do Escritor . 13 de outubro

Imagem
Dia Mundial do Escritor . 13 de outubro Feliz dia do escritor. Um feliz dia do escritor para todos os que escrevem com a alma e com o coração o que se lê com a mente e a visão e vice-versa. Mauricio Antonio Veloso Duarte Anuragi

Criança

Imagem
Academia Virtual de Letras
Patrono: Paulo Coelho
Acadêmico: Mauricio Duarte
Cadeira: 39 Poema em homenagem ao Dia das Crianças


Criança Minha é a tua sinceridade
porque nunca é tarde para
criar laços de compreensão. Minha é a tua ternura
porque estar em paz
é caminhar com suavidade. Minha é a tua grandeza,
porque o menino é o pai
do homem, já disseram. Minha é a tua inocência
porque amar é para quem sabe
de gestos delicados e nobres. Minha é a tua vida
porque viver é, antes de tudo,
maravilhar-se com a realidade. Mauricio Duarte (Divyam Anuragi) Poema em homenagem ao Dia das Crianças

Paulo Coelho em entrevista à BBC News

Imagem
Academia Virtual de Letras
Patrono: Paulo Coelho
Acadêmico: Mauricio Duarte
Cadeira: 39


Paulo Coelho em entrevista à BBC News: "Tudo em torno de Paulo Coelho é superlativo. Do banheiro para visitas decorado com um quadro assinado por Andy Warhol, ao elevador de vidro que vai da sala de estar ao enorme terraço sob os Alpes suíços. Dos mais de 325 milhões de livros vendidos e um bilhão de leitores em 150 países, ao recorde de escritor vivo mais traduzido do mundo e quase 50 milhões de seguidores em redes sociais. Da tortura a que foi submetido durante três meses, em 1974, à forma contundente como critica o governo brasileiro, em 2019." "O esfacelamento daquilo que o nosso país representava." "Um delírio." "Um Brasil totalmente polarizado" que está "caminhando para o mesmo clima de terror" da ditadura. Em seu apartamento, em Genebra, o escritor falou sobre que pensa sobre Jair Bolsonaro, e disse à BBC News Brasil estar cumprindo um "co…

Artificialismos

Imagem
Academia Virtual de Letras
Patrono: Paulo Coelho
Acadêmico: Mauricio Duarte
Cadeira: 39



Artificialismos

Que o horizonte fosse cinza,
que as flores fossem de plástico,
nunca se daria maior triunfo em
ser vontade do homem de
domar a natureza ao seu
conforto, luxo, prazer e
tudo, tudo que pode, quer...

Que as raízes fossem, sim, de metal,
que o próprio ar fosse de concreto,
nunca se daria maior triunfo em
domar a natureza ao seu
interesse, força, ganância,
tudo, tudo que pode, quer...

Que os oceanos fossem esgoto,
que as montanhas fossem de lixo,
nunca se daria maior triunfo em
ser vontade do homem de
domar a natureza ao seu
poder, avidez, danação,
tudo, tudo que pode, quer...

Que os animais fossem andróides,
que a vida fosse artificial,
nunca se daria maior triunfo em
ser vontade do homem de
domar a natureza ao seu
ódio, crime, especulação,
tudo, tudo que pode, quer...

Que os poetas fossem mecânicos,
que a arte fosse só falsidade,
nunca se daria maior triunfo em
ser vontade do homem de

O Novo Bistrô D´Avó contará com as obras da Poetisa e Acadêmica Bartira Mendes para venda

Imagem
O Novo Bistrô D´Avó contará com as obras da Poetisa e Acadêmica Bartira Mendes para venda.
Confira, bem aqui, no Coração de São Gonçalo, na rua Eduardo Vieira, 122 . Centro (ao lado do TRE) . a ser inaugurado segunda-feira, dia 14/10/2019 às 18 hs.


Livros da Poetisa e Acadêmica Bartira Mendes: Momentos Poéticos. Editora Bem Cultural. 98 páginas. 21cm. ISBP 978-85-68356-02-9. Ano 2015. R$ 20,00 + correios Gratidão . Meus Versos para Ti, Senhor . Editora Fontenele Publicações. Ano 2016. 80 páginas. 21 cm. ISBN - 978-85-92790-19-6 R$ 20,00 + correios Aurora Boreal de Meus Versos . 21 x 15 cm . Capa colorida . Miolo PB . 96 páginas . R$ 25,00 + correios
Ou adquira pela página RESPIRANDO POESIA da poetisa e acadêmica Bartira Mendes Costa . https://www.facebook.com/bartiramendesrespirandopoesia/