Pensamento sobre a paz em tempos de pandemia do escritor, poeta, artista visual e acadêmico Mauricio Duarte




Pensamento sobre a paz em tempos de pandemia do escritor, poeta, artista visual e acadêmico Mauricio Antonio Veloso Duarte Anuragi.

Como manter a paz, consigo e com os outros, em tempos de pandemia?
Minha resposta: Para manter a paz interior tenho praticado oração e meditação. Para manter a paz com os outros tenho exercitado a arte de escutar, ouvir o que o outro tem a dizer antes de já pensar o que vou rebater, o que vou contra-argumentar. Manter a paz, ás vezes é mais difícil do que chegar até ela. A verdade, assim como a paz, são bichos estranhos, quando a gente acha que os pegou, é que eles estão mais distantes da gente, como diria um personagem de Histórias em Quadrinhos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

1° Concurso de Contos da AGLAC

A breve vida da página "Armandinho morrendo violentamente"