"COMPONDO FÚRIAS"




"COMPONDO FÚRIAS"

"Na silhueta do teu corpo vítreo
escrevo ancoradoiro.
Diáfanas surgem
as fúrias
que irrompem no ar
apaziguadas.
Aprisiono-as no nome
que lhes dou
(compraz-me nomeá-las).
Pronuncio
relâmpago
meteoro
avalanche
degelo
Penso no contorno difuso
onde as faço fundear
e escrevo
fria madrugada
rubro esparso
pele molhada
espelho baço."

Leocádia Regalo

(Leocádia Regalo, no livro “Sob a Égide da Lua”. Viseu: Palimage Editores, 1999)

Visite a página da escritora, poeta e palestrante Bartira Mendes . RESPIRANDO POESIA . https://www.facebook.com/bartiramendesrespirandopoesia/

Imagem: Peça de arte Completude do artista visual Mauricio Duarte . Disponível para venda.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

1° Concurso de Contos da AGLAC

A breve vida da página "Armandinho morrendo violentamente"