Hino tocando: voltar à bandeira ou só ficar em pé?



Vem se popularizando uma inexistente e
equivocada exigência de que durante a execução do Hino Nacional o
público deve obrigatoriamente voltar o corpo ou o olhar para a direção
em que se encontra a Bandeira Nacional no recinto. Relatos existem de
agitações, atitudes desengonçadas de pessoas que procuram pelo pavilhão
nacional e ficam desconfortáveis, caem ou tropeçam, são cada vez mais
comuns.


Para as solenidades civis, a lei não impõe regras: apenas exige a postura seja "em pé em “posição de respeito” (art 30, Lei 5.700/71 – vide texto em SIMBOLOS NACIONAIS) Clique aqui


Para solenidades militares o regramento aplicável é o do respectivo
Regimento Interno, sempre muito rigoroso mas mesmo assim, salvo melhor
juízo, sem obrigar a tal atitude.


Na esfera civil, quando ocorre a execução do Hino (instrumental ou
vocal) os cerimonialistas recomendam que o público volte para o
regente, orquestra ou cantor. E isso é simples de entender: o Hino
Nacional, tal como a Bandeira, as Armas e o Selo, são todos Símbolos Nacionais sem qualquer hierarquia ou graduação de importância entre eles ( cf. art. 1º da Lei 5.700/71 - Clique aqui ).


Nos casos em que houver execução por mídia gravada (na mensagem referida como "execução mecânica” do hino), através de aparelhagem de som reproduzindo CD, fita cassete ou mp3, a recomendação é para que o público permaneça em pé, voltado para a mesa diretiva ou ponto central do recinto .


Se no local da execução orquestrada ou cantada, ou mesmo reprodução gravada do Hino, simultaneamente
acontecer o hasteamento da Bandeira Nacional, a recomendação é para que
o público se volte em direção ao dispositivo de bandeiras, pois nesse
caso a Bandeira Nacional é que deve ser o centro das atenções (art. 19,
Lei 5.700/71 - Clique aqui ) e o hino é executado ou tocado em sua "continência" ou função do seu hasteamento (art. 25, I; II cc art 14 § 1º, Lei 5.700/71 - acima).


A regra geral, para qualquer caso, é a de que, para cumprir a lei basta postura respeitosa. Nada mais.










POSTURA RESPEITOSA NA EXECUÇÃO DO HINO (Carlos, Xiquexique (BA) - FALE CONOSCO - 17/2/2009)
Clique aqui



Há exigência protocolar em toda Execução do Hino? (Antonio, Joanópolis (SP) - FALE CONOSCO - 16/2/2009)
Clique aqui




POSTURA: Voltar-se para a Bandeira é correto ? (Gilnei Ricardo - Gramado (RS) - FALE CONOSCO - 9/1/2009)
Clique aqui





HINO: Qual a postura correta, mãos, aplausos, etc (Carmen - Belo Horizonte (MG) - FALE CONOSCO - 7/10/2008)
Clique aqui





PODE ou NÃO PODE APLAUDIR O HINO? (Patriotismo.org.br - Artigos - Hino Nacional - 26/12/2008) Clique aqui





fonte: PATRIOTISMO - Organização da Sociedade Civil de Interesse P⬩co

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livro Vinho & Poesia da Editora Pragmatha com o poema nó gordio, de minha autoria, Mauricio Duarte

Gaia somos nós, nós somos Gaia

Doce melodia